Sente atração por crianças?

Aqui pode encontrar uma ajuda anónima.

TROUBLED DESIRE oferece Autogestão Online para pessoas que se sintam atraídas por crianças e jovens adolescentes, e que não tenham a oportunidade de entrar em contacto direto com terapeutas.

O que descreve melhor a sua preocupação?

É possível que eu próprio(a) me sinta atraído(a) por crianças.

É possível que alguém que eu conheço se sinta sexualmente atraído(a) por crianças.

Sou um profissional de saúde e tenho interesse nesta informação.

Se é um profissional de saúde e quer contribuir para ajudar pessoas com preferência sexual por crianças, entre em contacto connosco: info@troubled-desire.com

Autogestão Online

Resumo da Sessão

Eu sou

Gostaríamos de lhe fazer perguntas sobre a sua educação, família, profissão e situações de contacto com crianças. Responda a todas as perguntas para podermos personalizar a nossa abordagem e lhe podermos dar uma resposta mais pessoal e construtiva.

Eu sinto

Gostaríamos de lhe fazer perguntas sobre as suas fantasias sexuais. Estas são uma importante fonte de informação. Responda a todas as perguntas para podermos personalizar a nossa abordagem e lhe podermos dar uma resposta mais pessoal e construtiva.

Para obter acesso completo, responda primeiro à secção Eu sou.

Eu faço

Gostaríamos de lhe fazer perguntas sobre o seu comportamento sexual e não sexual. Responda a todas as perguntas para podermos personalizar a nossa abordagem e lhe podermos dar uma resposta mais pessoal e construtiva.

Para obter acesso completo, responda primeiro às secções Eu sou e Eu sinto.

Respostas personalizadas

Dar-lhe-emos repostas e comentários personalizados sobre a sua preferência sexual e comportamento sexual problemático.

Estrutura da preferência sexual

Iremos analisar mais profundamente as bases da estrutura da preferência sexual e perceber melhor o vasto mundo dos desejos sexuais, incluindo o seu.

Comportamentos sexuais problemáticos

Quando a atividade sexual envolve mais do que uma pessoa, deve ter por base um consentimento mútuo. Iremos abordar a questão do consentimento informado em termos de atividades sexuais problemáticas.

Desconstruir mitos

Iremos examinar mitos (suposições falsas) e factos (conclusões autênticas) acerca do amor, da sexualidade e de crianças vítimas de abuso, com o intuito de desfazer essas suposições falsas.

Óculos cor-de-rosa

Quando se diz que alguém está a usar "óculos cor-de-rosa", significa que apenas está a ver as partes mais agradáveis. Iremos analisar uma situação e descobrir como os nossos pensamentos são capazes de manipular a forma como vivenciamos a realidade.

A génese das atrações sexuais

Aqueles que procuram a causa acabam por descobrir que, na verdade, existem várias. Iremos discutir as causas de se ter uma ou outra preferência sexual, e perceber como fazer sentido de cada uma delas.

Aceitação

A aceitação não é algo garantido. É adquirida através do conhecimento. Iremos transmitir uma compreensão da importância da aceitação e tentar aplicar este conhecimento à nossa preferência sexual.

Fazer uma pausa

Problemas de gestão de tempo, dores de cabeça recorrentes, stresse no trabalho e fantasias persistentes com crianças podem absorver-nos ou distrair-nos com facilidade. Iremos abordar uma técnica de relaxamento que nos permitirá lidar mais facilmente com desafios diários.

Fantasia e comportamento

Iremos explicar a importância de distinguir a fantasia do comportamento. Ao compreendermos melhor a nossas próprias fantasias e comportamentos sexuais, seremos capazes de melhorar o controlo de impulsos relacionados com desejos sexuais.

Autoperceção

Iremos analisar-nos e aos nossos processos internos com mais atenção. O objetivo consiste em identificar comportamentos sexuais prejudiciais e situações potencialmente adversas, assim como aprender a intervir numa fase inicial através do treino de pensamentos e sentimentos.

Ativadores pessoais

O risco de cometer agressão sexual ou de utilizar imagens de abuso sexual de menores nem sempre é o mesmo, estando dependente de certas condições. Iremos aprender a identificar esses "ativadores", ou seja, fatores que aumentam o risco de fantasias resultarem em comportamentos.

Análise situacional

Iremos examinar o que acontece antes, durante e depois da utilização de imagens de abuso de crianças ou um abuso sexual de crianças, de modo a estabelecer mecanismos de controlo comportamental logo desde o início.

Controlo de impulsos

Uma... duas... três peças de chocolate... enquanto se faz dieta? Às vezes, é muito difícil controlarmos os nossos impulsos. Aqui, vamos analisar a importância de controlar impulsos e encontrar formas de melhorar esse controlo no nosso quotidiano.

Empatia

Quer observemos alegria ou tristeza, o ser humano é capaz de assumir a perspetiva de outros. Iremos analisar mais de perto a capacidade de tomar a perspetiva de outra pessoa e descobrir como esta capacidade nos orienta pelos nossos contextos sociais.

Carta de uma vítima

O abuso sexual infantil tem efeitos dramáticos na saúde física e emocional das vítimas. Aqui, vamos analisar a carta de uma vítima de abuso sexual infantil e abordar as consequências dessa experiência.

Opções de tratamento

Algumas pessoas experienciam desejos ou fantasias sexuais demasiado intensos, incontroláveis e causadores de bastante angústia. Para pessoas nessa situação, faremos um resumo da utilização de medicação como uma opção adicional valiosa.

O segredo do bem-estar

De forma a vivermos bem e mantermos o nosso bem-estar, devemos respeitar e cuidar das nossas necessidades individuais. Deste modo, daremos um breve guia e iremos ler a história de um jovem que foi capaz de o fazer ao compreender e ultrapassar os seus comportamentos negativos.

Prof. Dr. med. Dr. phil. Klaus M. Beier Prof. Dr. med. Dr. phil. Klaus M. Beier

A sexualidade humana é caracterizada por uma diversidade de preferências sexuais. Cada indivíduo possui particularidades eróticas específicas que se concretizam primeiro numa fantasia e, por vezes, num impulso para agir.

A preferência sexual, seja ela qual for, é predeterminada e não uma escolha. Ninguém decide a sua orientação sexual.

TROUBLED DESIRE oferece autogestão online para pessoas que se sintam atraídas por crianças e jovens adolescentes, e que não tenham a oportunidade de entrar em contacto direto com terapeutas. O contacto com terapeutas será providenciado, se possível. A ferramenta de autogestão e o contacto real com terapeutas serão confidenciais e anónimos (política de privacidade).

Juntos pretendemos aliviar o sofrimento de pessoas com inclinações pedófilas e, em última instância, prevenir o abuso sexual infantil e a utilização de imagens de abuso sexual de crianças.